domingo, 24 de julho de 2016

Globo começa gravações de “Vade-Retro”, série protagonizada por Monica Iozzi, Confira!


A Globo começou as gravações da minissérie “Vade Retro” em São Paulo. A produção tem autoria de Alexandre Machado e Fernanda Young, com direção artística de Mauro Mendonça Filho.

A atriz e apresentadora Monica Iozzi estará de volta à telinha em breve. Após deixar saudades quando deixou a bancada do “Vídeo Show”, a artista escreveu em seu Instagram que já começou a gravar, nesta sexta-feira, 17:

“Fim da primeira semana de trabalho. A série #VáDeRetro tá nascendo pessoal!!! Vem Celeste!!!”, disse ela.

A história é sobre Abel Zebu (Tony Ramos), um empresário sem escrúpulos, que só usa as pessoas para alcançar os seus objetivos. Ele contrata Celeste (Monica Iozzi), uma advogada sem clientes, para cuidar do seu divórcio.

Com o passar do tempo, o ricaço demonstra o interesse que a moça gere o seu herdeiro. Enquanto isso, ela suspeita que Abel seja o próprio demônio na Terra.

Também estão no elenco Maria Luisa Mendonça (Lucy), Cecília Homem de Mello (Leda), Maria Casadevall (Lilith), Juliano Cazarré (Davi) e Luciana Paes (Kika).



Ex-BBB Munik Nunes grava participação em “Haja Coração”, Confira!


A campeã da última edição do “Big Brother Brasil 16”, Munik Nunes, confirmou que vai começar a gravar uma participação na novela das sete “Haja Coração” na segunda-feira, 25.



“Estava esperando confirmar para poder contar. É a realização de um sonho. Vou passar o domingo decorando o texto para começar a gravar já na segunda-feira às 6h. Estou muito feliz e ansiosa”, disse em entrevista ao site “Ego”.

O ex-BBB Daniel também estará em cena. Na trama, uma festa de ex-brothers supostamente organizada por Pedro Bial chamará a atenção de Leonora (Ellen Roche ), que ficará porque não foi convidada. Só que o apresentador não aparece no evento e Leonora decide invadir a festa, causando a maior confusão. Nesta sequência estarão apenas Munik e Daniel.

Já a ex-BBB Ana Paula Renault, gravará mais participações. A loira ganhará destaque e contracenará com Ellen Rocche, aparecendo em por 4 capítulos. Ela irá disputar a atenção do empresário Marquinhos (Jandir Ferrari) com Leonora e a ação renderá alguns barracos.

Velho Chico: Cícero desiste de ser jagunço e se declara para Dalva, Confira!


Em “Velho Chico”, novela das 21h da Rede Globo, Cícero (Marcos Palmeira), decide mudar de vida e deixar de lado a violência e o ódio que sempre o acompanhou. Tudo isso graças à Dalva (Mariene de Castro), por quem ele se descobre apaixonado.


O novo casal da trama se encontra na cachoeira, e logo Cícero se declara:“É a primêra que óia e me enxerga de verdade. Sei como dizê, não, mas ocê me vê por bâxo dessas casca dura que tenho”, diz o jagunço.

Dalva, que sempre investiu no jagunço, logo responde: “É que quando olho, eu vejo um homem bão… Nun vejo jagunço, pistolêro, num vejo morte, nem nada… Vejo um homem de muito valô”. Cícero diz que sabe de seus erros e a morena diz que ele não deve se prender ao passado. “Tenho tentado me soltá desse peso, mas nun consigo! Quando penso que conseguí vem vendaval desse pra revirá tudo ôtra vez!”, fala o homem.

Por amor, Cícero desiste da vida de violência e ódio que levava, e jura que vai mudar: “Enterrei meu passado, Dalva. Enterrei ele todo e jurei pra mim mesmo, aos pés de painho, nunca mais desenterrá”, confessa. Dalva se emociona e fala:“Nun quero mais conta com esse Cícero de meu passado. Quero mais esse jagunço, não! Quero começá vida dos zero, como quem nasceu ontem”, afirma ele, que a surpreende: “E eu… e eu quero começá essa minha vida nova mais ocê, Dalva… Sem lembranã de Terê, sem sombra de passado nem mágoa nenhuma”. Os dois se beijão e se entregam um ao outro.

Globo cortará programas importantes durante exibição da Olimpíada, Confira!


Agosto está se aproximando, e como você já foi informado, esse será um mês de extrema importância para o esporte nacional, já que o Rio de Janeiro se tornará a primeira cidade sul-americana a sediar os Jogos Olímpicos de Verão.



No Brasil, três grandes emissoras irão transmitir o evento, são elas: Globo, Record e Bandeirantes. Para que tal transmissão seja possível, alguns importantes programas serão cortados, e a Globo já decidiu quais atrações não irão ao ar, ou irão de forma reduzida.

De acordo com o jornalista Fernando Oliveira, além dos já anunciados “Mais Você” e “Bem Estar”, o “Vídeo Show”, a “Sessão da Tarde” e a série “Malhação” deixarão de ser exibidas durante alguns dias para ampliar a transmissão.

Edições de programas semanais como a “Temperatura Máxima”, “Tela Quente”, “Zorra” e  o “Altas Horas” também ficarão comprometidas.

sábado, 23 de julho de 2016

Internautas iniciam contagem para estreia da nova temporada de “Malhação”, Confira!


A Globo estreia no próximo dia 22 a nova temporada da novela “Malhação”. A nova fase do folhetim é vista por muitos como uma continuação da atual, visto que manterá alguns dos personagens.

Até o logo da nova temporada é bem parecido com o da anterior, apenas mostrando mudança na legenda, que ao invés de “Seu Lugar No Mundo” agora será “Pro Dia Nascer Feliz”.

A um mês da estreia, os fãs da série já iniciaram a contagem nas redes sociais. A tag “UmMesMalhacaoPDNF” chegou a ficar no top 10 dos assuntos mais comentados no Twitter, em 9º lugar.

Emanoel Jacobina, que é o atual autor da série, também será o escritor responsável pela nova temporada.

Grupo de discussão aprova “Haja Coração” na Globo, Confira!


Como já é tradição na Globo, é realizado sempre que estreia uma nova telenovela da casa um grupo de discussão. Esse grupo é bastante importante, pois seus integrantes são os que avaliam a nova trama que está sendo exibida.

“Haja Coração”, nova novela das 19h, já teve seu primeiro grupo de discussão finalizado, e os resultados foram positivos. De acordo com o jornalista Flávio Ricco, ficou demonstrada a boa aceitação do folhetim.

Isso significa que, se forem realizadas mudanças no folhetim, elas serão mínimas, já que verificou-se o interesse que os diversos personagens têm despertado junto aos telespectadores.

A audiência da novela também está ótima. Vem conseguindo se manter próxima aos 30 pontos, bem acima da meta de 25 para o horário.

Velho Chico: em reviravolta, Tereza salvará cooperativa, Confira!


Tereza (Camila Pitanga) trairá Afrânio (Antonio Fagundes) e salvará a cooperativa de Santo (Domingos Montagner).

A pequena empresa do agricultor perderá vários clientes e ficar à beira da falência. Miguel (Gabriel Leone) contará tudo para a mãe, que ficará desconfiada.

Ela, então, vai revirar as gavetas do escritório do pai e encontrará contratos de venda de frutas com preços bem mais baixos do que os praticados no mercado. Tereza não pensará duas vezes e confrontará Saruê. “O senhor está aliciando os clientes da cooperativa com frutas abaixo do preço”.

“Isso é ilegal, é imoral, é vil! Não falo apenas sob o ponto de vista ético, mas sob o financeiro também. Nós estamos entregando frutas quase de graça para o mercado”, completa. O coronel acabará revelando que está disposto a tudo para destruir Santo e afirmará que até pagaria para levarem embora suas próprias frutas caso necessário.

Tereza então decide trair o pai. Ela entrará em contato com um grande cliente e indicará os produtos da cooperativa. Quando Santo e Miguel já tiverem perdido as esperanças, o neto do coronel atenderá o telefone e depois dará a boa notícia.

“Acho que acabamos de fechar a maior venda dessa cooperativa. E o melhor é que eles estão com tanta pressa quanto a gente”, anunciará o rapaz, que suspeitará de que a mãe está envolvida e terá a confirmação ao conversar com ela posteriormente.

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Minissérie “Justiça” terá tom realista e atores são submetidos a “desconstrução de imagem”, Confira!


Para traduzir em imagem os dramas dos personagens de ‘Justiça’, o diretor José Luiz Villamarim firmou um compromisso com o realismo. É um conceito que está no texto da autora Manuela Dias, e reflete na fotografia que captura a crueza das cores de Recife, o figurino típico das ruas e a caracterização sem glamour. Vida real, vida que segue para personagens marcados por atitudes tomadas de maneira intempestiva, em situações-limite.



Desde o início das gravações, em maio, atores como Adriana Esteves, Cauã Reymond, Enrique Diaz, Angelo Antônio, Julia Dalavia, Marjorie Estiano, Vladimir Brichta, Luisa Arraes, Jéssica Ellen, Jesuíta Barbosa e Drica Moraes foram submetidos a uma verdadeira desconstrução de imagem. A encomenda do diretor pedia que qualquer artifício que afastasse os personagens da realidade ficasse fora do set. Por isso, a equipe trabalhou com o mínimo de maquiagem e um figurino com peças simples e despojadas. Nem mesmo as unhas das atrizes foram pintadas, à exceção das que trabalham no Snack Night Club, a sauna que ambienta um núcleo da trama.

Lu Moraes, a responsável pela caracterização, abraçou o desafio proposto por Villamarim e passou a olhar para o elenco buscando o que é simples. “Aqui não há brilho, tampouco cabelos com cara de festa. Tem gente com olheiras por noites mal dormidas. A história é fictícia, mas o que se sente ao conhecer os personagens é crível, humano, visceral”, esclarece. Outro desafio da caracterização também foi transitar entre os anos de 2009 e 2016. Como a gravação das cenas não segue uma ordem cronológica, a equipe buscou elementos que deixassem os personagens ora mais jovens, ora mais velhos, apesar da pequena passagem de tempo. Cauã Reymond, que interpreta o contador Maurício, ganhou mais fios brancos e óculos para aparentar mais idade. Já Luisa Arraes, que vive a professora Débora, usou uma franja nas sequências que mostram sua adolescência.

Uma questão crucial para a equipe de caracterização foi reproduzir as marcas que o tempo imprime em alguém que passa anos preso. A doméstica Fátima, por exemplo, personagem de Adriana Esteves, quando deixa a prisão depois de sete anos, aparenta uma pele sem frescor, maltratada pela tristeza. Para que essa carga dramática alcance o espectador, manchas foram aplicadas no rosto da atriz.

Já o figurino exigiu uma ampla pesquisa de campo de Cao Albuquerque e Natália Duran, para determinar exatamente como os tipos retratados na minissérie se comportam no cotidiano. Por isso, muita coisa foi comprada em Recife, em especial as peças do núcleo de Fátima (Adriana Esteves). “Trouxemos muita coisa em tecido sintético. O Cao foi a campo e eu fui às compras”, conta Natália.

O realismo também está impresso nas locações em Recife e nos cenários construídos nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, que respeitam as proporções de casas e apartamentos reais. Em Pernambuco, quase nada foi alterado nos ambientes escolhidos pela equipe. Ao sair da prisão, depois de sete anos preso, o ex-playboy Vicente (Jesuíta Barbosa) vai viver num apartamento simples do conhecido edifício Holiday, arquitetura colossal da cidade. O cenógrafo Fabio Rangel, conta que a equipe manteve o ambiente, no qual vivia uma família, praticamente intacto. “Não tiramos quase nada do lugar. Fiquei bastante impressionado ao ver os atores circulando naquele cenário. É muito realista”, observa Rangel.

Responsável pela produção de arte, Moa Batsow conta que comprou várias peças artesanais em Recife, que ajudaram a compor as casas recriadas em estúdio. Os veículos usados nas gravações também foram escolhidos a dedo. Na história, há uma empresa de ônibus, a GTransportes, e Waldyr (Ângelo Antonio), o marido de Fátima (Adriana Esteves), é motorista. Por isso, foi montada no Rio de Janeiro uma réplica da garagem usada como cenário em Recife – tanto o terminal como os veículos. “Além de adquirir um ônibus similar ao usado em Recife, trouxemos de Pernambuco uma jangada para ser usada em cenas de praia que estão sendo feitas aqui, especialmente as que mostram o quiosque de Celso (Vladimir Britcha) nos dias atuais”, conta Moa Batsow.

Prevista para estrear em agosto, ‘Justiça’ é um convite a uma reflexão sobre questões humanas que envolvem valores morais, a partir de um olhar para quatro histórias – independentes, mas interligadas. No compasso de uma ciranda, as tramas se intercalam, e o público vai desvendando os fatos para montar um inquietante mosaico. Escrita por Manuela Dias, com a colaboração de Mariana Mesquita, Lucas Paraizo e Roberto Vitorino, a minissérie tem 20 capítulos e vai ao ar de segunda a sexta, com exceção das quartas. A direção artística é de José Luiz Villamarim, e a direção é de Luisa Lima, Walter Carvalho e Isabella Teixeira.